Jovem Interativo

JOVEM INTERATIVO – Rompendo Limites pela Fé!

‘A Cabana’ conta com presença de pastores e artistas na pré-estreia, em São Paulo

‘A Cabana’ conta com presença de pastores e artistas na pré-estreia, em São Paulo
abril 04
22:33 2017

O filme foi exibido para convidados na zona sul de São Paulo e contou com a presença de celebridades e religiosos.

Soraya Moraes na pré-estreia do filme "A Cabana", na zona sul de São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)
Soraya Moraes na pré-estreia do filme “A Cabana“, na zona sul de São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Baseado no best-seller do escritor canadense William P. Young, o filme “A Cabana” será lançado na próxima quinta-feira (6) nos cinemas de todo o País.

Em São Paulo, a pré-estreia do longa aconteceu na noite de segunda-feira (3) no shopping Cidade Jardim, na zona sul da capital, e contou com a presença de diversos artistas e líderes religiosos.

Dentre as celebridades estavam Karina Bacchi, Ticiane Pinheiro, Carol Celico e Gianne Albertoni. Além disso, nomes do mundo cristão também foram conferir o longa, como Soraya Moraes, Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Juninho Black e os líderes Priscila Seixas, da Igreja Bola de Neve e Rafael Bitencourt, da Hillsong São Paulo.

O longa apresenta a história de Mack Phillips (Sam Worthington), um homem que se viu abalado com o assassinato de sua filha Missy, de seis anos, mas passou por um processo de reconstrução emocional e espiritual após se encontrar com Papa (Octavia Spencer) na cabana onde a garota foi encontrada morta.


Público na pré-estreia do filme “A Cabana“, na zona sul de São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Só no Brasil, A Cabana vendeu cerca de três milhões e meio de cópias desde que foi lançado, em 2008. No entanto, muitos cristãos dividiram opiniões em relação ao conteúdo teológico apresentado na trama.

Por outro lado, a cantora Soraya Moraes defende que os debates teológicos não devem se limitar ao campo da ficção. “Eu tenho certeza que a religiosidade mata qualquer expectativa de a pessoa ouvir a verdade. Não tem como um teólogo debater um romance. O principal ponto da história é o perdão, a restauração da alma, o reencontro de um pai que sofreu”, disse ela em entrevista ao Guiame.

“Muitos de nós, religiosos, vivemos dentro de um aquário”, Soraya acrescenta. “A única coisa que devemos debater é a Bíblia. As derivações disso — os romances, as novelas e os filmes que remetem a Deus — devemos orar para que sejam instrumentos e para que as pessoas voltem para o caminho, que é Jesus”.

De acordo com a pastora Priscila Seixas, da Igreja Bola de Neve, os filmes que usam a ficção para passar uma mensagem de fé podem não ser compreendidos pelo público cristão, em geral.


Priscila Seixas na pré-estreia do filme “A Cabana“, na zona sul de São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

“Quando um filme é um instrumento de evangelismo, normalmente os evangélicos não gostam porque não entendem, pois esperam que Jesus se apresente de uma forma mais explícita”, disse Seixas.

Já o cantor Juninho Black avalia que o filme retrata a forma pessoal como Deus se relaciona com as pessoas. “Às vezes, no nosso dia a dia corrido, Deus não vai aparecer para nós vestido de branco, com sandálias nos pés e as mãos furadas. Há pessoas que estão à nossa volta para falar a Palavra de Deus e o filme mostra isso com excelência. Deus realmente fala através de pessoas”, afirma.


Juninho Black na pré-estreia do filme “A Cabana“, na zona sul de São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Responsável por impulsionar grandes tramas do cinema cristão no Brasil, Ygor Siqueira, diretor da 360WayUp, mostrou a Paris Filmes o potencial do público religioso.

“Para esses distribuidores é totalmente novo, eles não conheciam o impacto do nosso segmento. O nosso público interage muito e a Paris Filmes está muito surpresa por esse engajamento. Eu acho que é um filme que vai impactar muita gente”, disse ele ao Guiame.

Próximos lançamentos

O ano de 2017 promete continuar destacando o cinema religioso no Brasil, assegura Ygor.

Um dos próximos filmes a ser lançado no Brasil é o “The Case For Christ” (“O Caso de Cristo”, em tradução livre), dos mesmos produtores de “Deus Não Está Morto” e Você Acredita?”. O longa é baseado na vida de Lee Strobel, um jornalista ateu que buscava refutar a fé cristã de sua esposa através de suas habilidades profissionais.


Ygor Siqueira, diretor da 360WayUp, na pré-estreia do filme “A Cabana“. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

O filme brasileiro “Quando o Sol se Pôr”, produzido pelo grupo Red Films, também promete ser mais um lançamento. Com participação da cantora Priscila Alcântara,o longa aborda a história de um jovem que busca realizar seus sonhos através da música.

A história de vida do bispo Edir Macedo será contada no longa “Nada a Perder”, produzido pela Record Filmes e dirigido por Alexandre Avancini, responsável pela direção de “Os Dez Mandamentos”. Nenhum dos longas têm data definida para o lançamento.

CONGRESSO JOVENS NA CONTRA MÃO DO MUNDO 2017 IBB LAGARTO/SE.

DAVI SACER (2º PARTE) NA IGREJA CATEDRAL BATISTA.DIA 07/08/2016

Galeria de Fotos

1º Pedalando com Cristo 1º MARCHA PARA JESUS EM SALGADO/SE 2013Dia das MãesShow com J. Neto em Lagarto1° Dia do 8° Congresso Jovem Transformado para Impactar Show em Lagarto com Kleber LucasThalles Roberto  Clama Bahia 2013 em Salvador46º Aniversário da Igreja Batista Betel de AracajuCulto da familia com participação da cantora Bia SouzaCelebrai 2008

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

Agenda de Eventos

 

Registrar-se
                           
Adicionar Evento

Todos os Eventos

Media RSS