Jovem Interativo

JOVEM INTERATIVO – Rompendo Limites pela Fé!

Ministro do STF compara Zé Dirceu, corrupto condenado, a Jesus durante julgamento de Pilatos

Ministro do STF compara Zé Dirceu, corrupto condenado, a Jesus durante julgamento de Pilatos
maio 04
00:10 2017

O corrupto condenado José Dirceu (PT), ex-ministro no governo do ex-presidente Lula (PT), conseguiu uma vitória no Supremo Tribunal Federal (STF), apesar de suas duas sentenças na Operação Lava-Jato, e de ter sido denunciado mais uma vez na última terça-feira, 02 de maio.

O julgamento do pedido de habeas corpus feito pela defesa de Zé Dirceu ocorreu na Segunda Turma do STF, que decidiu a favor do ex-ministro por 3 votos a 2, sendo o ministro Gilmar Mendes, o voto de minerva.

Mendes reconheceu, em seu voto, a gravidade dos crimes investigados na Lava-Jato, mas citou o jurista italiano Gabriel Zagrebelsky para afirmar que ceder à pressão popular para manter preso um réu que ainda não foi condenado em segunda instância seria como repetir o gesto do povo judeu que condenou Jesus à morte.

“Não podemos nos ater, portanto, à aparente vilania dos envolvidos para decidir acerca da prisão processual. E isso remete à própria função da jurisdição em geral, da Suprema Corte em particular. A missão de um tribunal como o Supremo é aplicar a Constituição, ainda que contra a opinião majoritária”, disse Gilmar Mendes

 

Concluindo seu raciocínio, o ministro afirmou que Jesus, “que ficou em silêncio até o fim” diante de Pôncio Pilatos, era um ser superior, e que por isso é compreensível que Dirceu lute por sua liberdade enquanto a decisão de segunda instância nos processos em que é julgado não sai. “Só o Filho de Deus pode ser manso como um cordeiro”, arrematou Mendes.

Polêmica

A revolta popular causada pela decisão tomada pelo STF de libertar o ex-ministro é resultante da postura adotada pelo próprio réu, que ao longo de anos, liderou o Partido dos Trabalhadores em torno de Lula, com a missão de arrecadar fundos e arregimentar pessoas para a “causa” adotada pelo partido, que em muitos casos, ignorava a legislação brasileira.

Dirceu foi condenado no mensalão, e mesmo enquanto estava sendo julgado pelo STF pelos crimes cometidos no esquema de compra de votos dos parlamentares para viabilizar o governo Lula, continuava recebendo propina do esquema de desvio de recursos da Petrobras, investigado na Operação Lava-Jato.

No entanto, a soltura de José Dirceu se dá por um dispositivo legal, presente na legislação brasileira, que visa beneficiar o direito à ampla defesa. Como o ex-ministro não foi condenado em segunda instância na Lava-Jato, ele tem o direito – pela visão de juristas renomados – de aguardar o segundo julgamento em liberdade.

Embora polêmica, a decisão do STF reforça a legislação em vigor, uma vez que a prisão preventiva seria justificável se Dirceu representasse risco à ordem pública, à economia do país ou a conveniência da instrução criminal, como por exemplo, a destruição de provas ou suborno de investigadores. Como todos os fatos a respeito do processo já foram definidos, em tese, ele não teria como influenciar a decisão do Tribunal Regional Federal que julga seu recurso.

“Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes entenderam que não cabe manter a prisão preventiva de Dirceu com base somente em condenação de 1ª instância e que cabe ao juiz Sergio Moro determinar as medidas cautelares ao acusado, como comparecimento periódico à Justiça, uso de tornozeleira eletrônica, pagamento de fiança, etc”, informou Reinaldo Azevedo.

Se Moro optar por impor o pagamento de fiança a Dirceu, além do uso de tornozeleira eletrônica para prevenir uma eventual fuga do país, é possível que a soltura do ex-ministro seja inviabilizada, na prática, caso os valores estipulados sejam uma parcela substancial de seu patrimônio.

CULTO AO VIVO

Culto de Lançamento das Celebrações do Jubileu da IBB

Galeria de Fotos

JUBILEU DA IBB EM SERGIPE  ( BATISMO )   JUBILEU da IGREJA BATISTA BETEL  SERGIPE 1º CONGRESSO JOVEM DA IGREJA SANTUÁRIO DA FÉ 20171º CONGRESSO JOVEM IGREJA OBRA DA RESTAURAÇÃO. LAGARTO/SE. 30/04/2017CRUZADA FÉ E MILAGRES 2017  CLAMA POMBAL 3º EDIÇÃO 2017LOUVA LAGARTO 2017CONFERÊNCIA RHEMA 1º DIA

Ap. SERGIO PESSOA CONFERÊNCIA RHEMA

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

Agenda de Eventos

 

Registrar-se
                           
Adicionar Evento

Todos os Eventos

Media RSS