Jovem Interativo

JOVEM INTERATIVO – Rompendo Limites pela Fé!

Produtor de pornografia abandona empresa e se entrega a Jesus: “Reconheci o meu pecado”

Produtor de pornografia abandona empresa e se entrega a Jesus: “Reconheci o meu pecado”
outubro 01
17:14 2017

Keith Repult conta que ganhou milhões de dólares com a pornografia, mas não havia dinheiro que preenchesse o vazio que tinha em sua alma.

No auge de sua carreira, Keith Repult se tornou o proprietário da segunda maior empresa de distribuição de pornografia dos Estados Unidos. Tornando-se milionário, Keith estava vivendo uma vida de luxo. Porém no seu interior, ele se sentia vazio, dominado pelo alcoolismo, drogas e, logicamente, a pornografia.

No meio de tantos conflitos, uma experiência intensa mudou completamente sua vida: ele conheceu Jesus Cristo.

“Eu nem percebia o domínio que a pornografia e as drogas tinham sobre mim – nem percebia que estava errado, porque tudo isto está tão ‘normalizado’ nos dias de hoje”, disse Keith em uma entrevista ao site cristão ‘Gospel Herald’. “Mas quando eu me tornei um cristão, nascido de novo, meus olhos foram abertos. Se há uma coisa que eu quero que as pessoas vejam em minha vida, é que sempre há esperança, e essa esperança só é encontrada em Jesus”.

Hoje, Keith é pastor e trabalha ajudando viciados em diversas áreas na Igreja ‘Mission’, em Ventura, Califórnia (EUA) e com sua esposa, Samantha, também são donos da loja “Surf ‘N’ Yogurt”, que fica na mesma cidade. Ele compartilha sua poderosa história de redenção em seu livro “Just Breathe: All Stories Canseable, All Brokenness Repairable, All adictions Breakable”, da editora ‘BroadStreet Publishers’.

Sua luta contra o vício e o desejo de aceitação, disse ele, decorreu da solidão e do vazio que experimentou quando era criança.

“Na minha infância e adolescência, vivi constantemente saltando de um lado para o outro entre as casas de famílias adotivas, nunca ouvi as palavras ‘eu te amo’, e eu desenvolvi uma sensação de não pertencer a lugar nenhum. Eu sentia que não me encaixava”, disse ele. “Eu encontrei ‘conforto’ temporário nas drogas e álcool, e em seguida eu comecei a vender drogas”.

Um dia, Keith foi a um bar, onde conheceu um homem que se ofereceu para lhe dar um emprego e decidiu ver qual era o tipo de proposta que aquele homem tinha para lhe fazer.

“Eu fui à sua loja pela manhã, que era uma livraria para adultos”, disse ele. “Eu construí algumas prateleiras para ele, e depois disso, ele me disse que ele tinha outra loja na cidade onde ele precisava que eu fizesse um trabalho. Comecei a fazer entregas para ele e depois trabalhei com vendas, e o resto é história”.

De acordo com Keith, entrar na indústria cinematográfica adulta foi “muito mais fácil do que abandoná-la”.

“Depois de assumir uma empresa de produção de filmes para adultos, eu estava lançando dois filmes por semana, ganhando tanto dinheiro que nem sabia o que fazer com tudo aquilo”, ele compartilhou. “Eu sentia que, se eu tivesse essas coisas, eu acreditava que as pessoas gostariam de mim. Eu comprei um relógio de US$ 60.000, carros, casas – o que você puder imaginar, mas ainda assim não era suficiente. Os itens ficaram cada vez mais caros, mas nada conseguia satisfazer a minha alma. Eu tinha um buraco na minha alma e o vento soprava. Em todo tempo eu estava procurando a felicidade”.
Decepção e vergonha

À medida que sua empresa de filmes pornográficos crescia, Keith decidiu abandonar as drogas e o álcool e se encontrou e se casou com sua atual esposa, Samantha. Juntos, eles tiveram três filhas e um filho, e na esperança de viver uma vida mais tranquila, mudaram-se para Ventura, uma pequena comunidade praiana que eles aprenderam a amar. Lá, eles decidiram abrir uma loja de iogurte.

“Eu encontrei a pequena localização perfeita, e coloquei umas faixas que diziam: ‘Yogurt Hut: Em breve’ – esse era o antigo nome da ‘Surf ‘N’ Yogurt”, lembrou ele. “Estávamos tão entusiasmados em abrir a loja. Na manhã seguinte, recebi uma ligação de um amigo que disse: ‘você pode vir aqui?”. Quando cheguei à loja, vi que alguém pintou na nossa janela com tinta vermelha a frase “As estrelas pornográficas procuradas”.

Em outra bandeira, alguém escreveu as palavras, “produtor de pornografia”.

“Então, cheio de vergonha e horror e voltei para casa e disse à minha esposa: ‘é hora de mudar novamente. Eu quero vender, eu quero mudar”, disse ele. “Mas a minha esposa disse: ‘não, não vamos a lugar algum. Vamos nos manter firmes aqui”.
Vidas restauradas

Através dessa pequena loja de iogurte, Deus começou a trazer as pessoas para as vidas de Keith e sua família, que os mudariam para sempre. Keith acabou conhecendo o pastor Jude da Igreja ‘City’, que orou com ele e foi a primeira pessoa a compartilhar sobre o amor de Deus com empresário.

“Eu lhe contei toda a minha história, e depois perguntei: ‘Bem, você ainda gosta de mim?”, disse Keith. “Tudo o que ele disse foi: ‘Deus sabia exatamente o que Ele conseguiu quando ele te pegou’. Quando ele falou essas palavras, me apoiei nelas, eu queria mudar minha vida, mas não sabia como. Ele me disse: ‘Keith, continue olhando para a cruz”.

O contexto em que Keith vivie quando conheceu o pastor Jude não era fácil. Além dos ataques que sofreu de algumas pessoas por causa de seu trabalho com pornografia, após doze anos de sobriedade, ele já havia começado a usar drogas novamente: “A cocaína rapidamente tornou-se um hábito para mim”, disse ele.

Ainda assim, ele tinha vontade de ir à igreja, e através do testemunho de uma amiga, Samantha também começou a frequentar os cultos. Logo, o casal tornou-se ativamente envolvido em uma igreja local, e enquanto Deus foi confortando seus corações, eles não queriam mais estar ligados à indústria cinematográfica adulta.

“Eu sabia que queria sair”, disse Keith, “Então nós desistimos de tudo e eu fui batizado”.

Na esperança de superar seus vícios, Keith decidiu entrar em um programa de 12 passos para rehabilitação. Durante o programa ele foi aconselhado de homens piedosos, que o ajudaram a se recuperar e crescer em sua fé.

“Eu reconheci o meu pecado e entendi como ele realmente era”, disse ele. “Eu entendi que tinha vícios que nem percebia que me faziam tão mal”.

Hoje, Keith disse que ele não consegue mais se identificar com o homem desprezível que ele já foi um dia. Agora, ele usa seu testemunho para lembrar aos outros que Deus pode salvar até os indivíduos mais desprezíveis.

“A pornografia era ‘normal’, era algo cotidiano para mim”, disse ele. “Agora, vejo que a indústria adulta é perigosa para a vida humana. É perigosa, pervertida, está distorcendo a sexualidade das pessoas. Quatro anos depois da minha conversão, estou sóbrio e abstinente da pornografia. Minha vida parece completamente diferente agora”.

Ele acrescentou: “Eu quero encorajar outros que podem estar lutando contra isso, para encontrar alguém em quem você realmente confia e compartilhar sobre essas batalhas. Você não pode manter essas coisas dentro de você. Busque aconselhamento e fale sobre isso. Isso foi doloroso para mim, mas eu o fiz, e mudou completamente a minha vida”.

“Corra para a cruz”, disse ele. “Deus está esperando para redimir a sua história”.

CONGRESSO JOVENS NA CONTRA MÃO DO MUNDO 2017 IBB LAGARTO/SE.

DAVI SACER (2º PARTE) NA IGREJA CATEDRAL BATISTA.DIA 07/08/2016

Galeria de Fotos

Jesus Vida e Muiton SomANIVERSÁRIO DE IGREJA VERBO DA VIDA EM LAGARTO. 10 ANOS 6º CONGRESSO Jovem Transformados para ImpactarVoz da Verdade em AJUMarcados por CristoBATISMO e SANTA CEIA  IBB10º Aniversário do Grupo de Senhora  ADMIP Congresso Transformados para ImpactarTARDE DE ALEGRIA 3 COM BRUNA OLLY3º e ULTIMO DIA UMADEMP 2014

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

Agenda de Eventos

 

Registrar-se
                           
Adicionar Evento

Todos os Eventos

Media RSS